Histórico

Conheça nossa história

Câmara de Mediação e Arbitragem do Instituto de Engenharia-CMA-IE

Conheça nossa história

A Câmara de Mediação e Arbitragem do Instituto de Engenharia – CMA-IE – iniciou suas atividades em 17 de outubro de 1999, na sede do Instituto, com o propósito de atender às novas exigências e à realidade apresentadas pelos empresários na resolução de seus litígios, evitando o desgaste gerado pela lentidão de um processo judicial. 

O primeiro Regulamento da CMA-IE foi registrado no 3º Ofício de Registro de Títulos e Documentos, em 26 de abril de 2000, pela diretoria nomeada, embasado fortemente nos princípios expressos na Lei 9.307/96 (Lei da Arbitragem) e no procedimento arbitral praticado pelas regras da AAA (American Arbitration Association), de Nova Iorque. 

Desde o estudo de viabilidade até a implementação, a CMA-IE teve do Instituto de Engenharia suporte e apoio, o que a faz parte integrante do todo, não possuindo, por essa razão, personalidade jurídica própria. Ainda assim, tem do Instituto de Engenharia total autonomia e neutralidade para gerenciar os procedimentos com o sigilo que lhe é devido. 

A CMA-IE hoje.

Atualmente, como uma das mais renomadas câmaras de mediação e arbitragem com foco, principalmente na Engenharia, a CMA-IE possui um corpo de mediadores, árbitros e especialistas técnicos altamente qualificados, promove, em sua sede, uma série de palestras e cursos de atualização, além de seminários internacionais, como o de Dispute Boards. 

A CMA-IE desenvolveu um Regulamento de Adjudicação com regras adaptadas do que se pratica na Grã-Bretanha, com a matriz respeitada. E possui, ainda, os Regulamentos de Arbitragem, Mediação e Dispute Boards.


Versão para Impressão